domingo, 7 de fevereiro de 2010

O sol dentro de mim

Existem momentos em que você está mergulhado na mais plena felicidade. E essa felicidade lhe dá uma força enorme pra vencer todos os desafios que aparecem pelo seu caminho. Os pilares, são seus amigos, seu amor, sua família. E você se sente pronta pra enfrentar as dificuldades que o mundo impõe a você. Não sente nenhuma dor física com muita intensidade, porque fecha os olhos e lembra das pessoas que ama, e esse é seu melhor remédio.
De um momento para outro, você perde seu amor, seus amigos se afastam, sua família começa a não compreender quem é você. Mesmo assim você se esforça pra manter os pequenos laços. Mas eles aos poucos arrebentam. Sua família não te compreende mais, as palavras viram facas a lhe cortar a carne enfraquecida. Você procura com desespero os amigos...mas nem sempre as pessoas estão perto...afinal cada um tem sua vida...Você precisa de ajuda pra não cair no fundo do poço...mas qual seria a ajuda? Nem mesmo você sabe.
Se volta ao trabalho, tentando ficar tão cansada, que seu corpo só pede sono...e neste sono, esquecer e mergulhar no vazio.
Mesmo tentando, você não consegue dormir...tem uma noite cheia de terrores...sozinha por dentro. Pensa em pedir ajuda...mas pra quem?
Um dia amanhece....e você percebe que está sozinha, lá dentro do poço, olhando as pessoas passarem perto de você.
É neste momento que você entende o quanto é diferente...e que perdeu a única coisa que ainda lhe mantinha inteira: a esperança de ser feliz.
Obrigada as amigas que conversaram comigo tentando me animar. Obrigada pelas palavras de ânimo.

6 comentários:

Maira disse...

Todos temos dias bons e ruins... mas o sol continua lá, no mesmo lugar, tente olhar para ele e lembrar que ele também brilha pra vc, o sol brilha para todos, sem distinção!
Que Deus te abençoe!

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Nice, vc tem meu cel., meu e-mail, meu orkut... então não diga que não tem NINGUÉM pra conversar. Já deixei bem claro que vc pode me chamar sempre que quiser, mas vc nunca o fez. Tem coisas que tb são opção nossa, basta a gente não ignorar. Tenho certeza que além de mim há outras pessoas que tb estão dispostas a ouvir vc.
Quanto a outras coisas, não sei, pois não sei quais são seus problemas.
Desculpe se fui "grossa", não é minha intenção de forma alguma. Só que amigos ou pessoas que lhe desejam bem tb dão um "sacode".
Beijos

Gata Lili disse...

Não gosto de ver minhas amigateiras assim tristinhas. Te quero feliz!!!
Tem promo para vc participar lá no blog. Vem e divulga para suas amigateiras tb! Beijo.

Arte dos Gatos disse...

Oi amiga, não vou deixar palavras apenas aqui, também estou nessa e sei como é difícil. Não adianta dizer que há uma vida cheia de alegrias, uma luz no final do túnel quando estamos assim. Eu só digo que você deve ter ao menos um pouquinho de esperança, eu estava bem ruim e já estou bem melhor, por isso sei que você vai conseguir sair dessa, mas não se culpe ou ache que é diferente, anormal, é assim mesmo. Dê esse tempo a você, talvez esta seja a forma de você se encontrar.
Quando precisar desabafar, sabe que pode contar comigo!
Beijinho e se cuide!

Claudia disse...

Nice,
Não sei se vc vai gostar do que eu vou dizer, mas todos somos solitários, com família, amigos ou não.
Não podemos "ser" a partir dos outros e somente de nós mesmos.
Essa força vc precisa buscar dentro de vc e se não estiver conseguindo, busque ajuda. Sei que vc faz terapia mas talvez seja pouco.
Encontre um grupo que te deixe pra cima.

Sei que é fácil falar mas passei por uma depressão e consegui graças a ajuda dos amigos e minha força de vontade. Fui para academia, além da ioga e encontrei uma religião que tem uma filosofia que me agrada e acredito.
Você vai conseguir!!!
bjs

Arte dos Gatos disse...

Oi amiga, tem um selinho lá no blog pra você! Quando estiver se sentindo melhorzinha, passe lá pegar ok?
Beijinho e se cuida