domingo, 14 de fevereiro de 2010

Agora somos só 02

Ontem fui entregar duas gatinhas temporárias que estavam comigo. Consegui doar as duas, para uma mesma pessoa, que gosta de gatinhos, já tem um peludinho fofo, e resolveu ficar com as duas irmãs.
Sei que serão bem cuidadas, sei que receberei notícias constantes delas. Até as visitarei...mas confesso que meu coração de mãe temporária está despedaçado.
Não é nada fácil ser lar temporário...mas não imaginava que a pior parte, seria deixar as minhas duas filhas em um novo lar....
Agora elas se chamam Patty (Smith) e Amy (Winehouse). O que ainda está na minha lembrança é o olhar cortante quando me despedi delas: você está abandonando a gente, mamãe?
Não...a mamãe seria incapaz de fazer algo de mal a vocês. Se cortei um pedaço de mim, e estou muito triste, foi somente pra ver vocês duas felizes.
Os outros dois temporários tiveram que ir para um hotelzinho....exigência da minha família.
O carnaval nunca foi um feriado muito bom pra mim...o ano passado tive uma notícia tristíssima...esse ano tenho que me separar dos meus filhotes.
;(

5 comentários:

Elaine disse...

Ah, Nice, me cortou o coração... sei como deve ser duro.
As filhotinhas estarão bem, tem que arranjar um lar para od outros, pois todo gatinho precisa de um dono...
Fique triste não...lamento muito sua família criar caso por você fazer algo tão bom...

Arte dos Gatos disse...

Pôxa, que pena! Fiquei super triste com isso! Tomara que vocês fiquem bem!
Beijinho amiga!
Também não gosto de carnaval!

Anônimo disse...

Quem são as felizardas? Agata e Saya?
Mas elas ainda estão no site para adoção...

Anônimo disse...

Um hotelzinho também já é demais, né? Você viajou? Os gatinhos não podem ficar no seu quarto?

Art by Lu disse...

Oi Nice, eu sei bem como é isso. Já fui lar temporário de muitos gatinhos e cãezinhos e SEMPRE choro quando eles são adotados =/ . Mesmo que a família seja ótima, que eu tenha a certeza que serão bem cuidados, é coisa de quem gosta de animais mesmo, não liga não, rs.
Em relação aos outros terem ido pra um hotelzinho, paciência, amiga. Já são muito sortudos por não terem crescido nas ruas. estão abrigados, alimentados, e principalmente, você zela por eles - tenho certeza que, mesmo eles estando num hotel, você vai ve-los sempre que possível, né? Então, mande quem critica ir procurar o que fazer =P
Beijãooo!!!