segunda-feira, 26 de abril de 2010

Onde eu aprendo isso?

Quem souber onde eu posso aprender a não amar mais, a não ajudar as pessoas, a não me importar com ninguém e com nada, por favor me diga.
Tô cansada das feridas geradas pela minha sensibilidade exagerada...quero aprender a ser uma pessoa sem sentimentos, sem amor....
É sério...não aguento mais chorar....queria ser igual aos outros...assim talvez eu tivesse amigos, namorado, fosse feliz.
Não quero ser inteligente, não quero pensar antes de agir....
Não quero  ficar triste quando as pessoas me ofendem...quero responder na mesma moeda, não quero calar minha boca....quero bater, xingar, odiar...
Quero deixar de amar...

6 comentários:

Clauco disse...

Creio que não haja retrocesso, embora às vezes queiramos. Tomo a liberdade de falar porque estou há três anos lutando (sem vitória) contra depressão e transtorno de pânico, o que causa muito desânimo e desilusão.
Desabafar de tempos em tempos faz bem, acho.
Abraços!

Arte dos Gatos disse...

Amiga, também já quis muito isso, principalmente parar de pensar muito nas coisas. Vejo que pessoas que deixam a vida levar, são bem mais felizes do que aquelas que pensam demais, ponderam demais, mas eu sou assim e não consigo mudar, o que eu posso fazer? Posso me acostumar, tentar viver com isso. Acho que isso você deve tentar fazer, não deixar de amar, pensar, mas sim, aprender a viver com o que Deus lhe deu.
Fico muito triste quando vejo que você não está bem, sei o quanto é ruim e sei bem amiga, nestes últimos dois anos passei poucas e boas, minha vida mudou muito, mas agora, estou um pouco melhor e estou vendo algumas coisas que antes estavam borradas, mais claras, não sei se são os remédios, pode ser. Queria muito que você melhorasse, estou rezando por você e quero muito te ver feliz.
Se cuida amiga!
Beijo

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Nice, quem não gosta de você do jeito que é, não merece a luz de sua amizade. Deus te abençoe, fique em paz e sorria. Beijos

patinhameiga disse...

Nice
Quando você vai acordar para a vida e resolver se tratar?
A impressão que tenho é que você encontra alento quando se lamuria e desperta piedade nas pessoas.
Perceba que isso nuca te levará a lugar algum, muito pelo contrário, só colabora para que cada vez afunde mais.
Passar a mão em sua cabeça também não ajuda, tampouco trás namorados, amigos, etc, de volta.
Procure um psiquiatra urgentemente!!!
Pati

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Nice, acho que cada caso é um caso. O caso do Clauco é um, e o seu é outro.
Eu não sei se vc já procurou ajuda médica, mas acho que talvez isso possa ser bom. Pelo menos uma terapia.
Realmente quando as pessoas que gostam de vc dizem uma palavra de conforto ou fazem de tudo para ajudar, e vc continua só enxergando o lado ruim da vida e sobrevalorizando-o, elas podem se afastar.
Na maioria das vezes vejo mensagens tristes no seu blog ou no orkut. A gente diz uma palavra de conforto, dá algum conselho, mas parece que isso mais atrapalha do que ajuda. Por um lado a gente não quer interferir, julgar; por outro, vc expõe para todos o que sente.
Eu tb já dei 'bronca' no Clauco, não por maldade, falta de paciência, mas por preocupação.
Eu tb tenho um monte de defeitos, angústias... mas digo um chavão: a felicidade não cai do céu. Pra vc enxergar, é necessário alguma luz. Ninguém enxerga na completa escuridão.
Torço por vc, Nice, e espero que vc procure alguma ajuda.
Beijos!

Dricalaz e os Gatonetes... disse...

Nice,

O primeiro passo é sempre o mais dificil, força minha amiga!!!.
Não desista de vc!!!.
Tem muiiita gente que gosta de vc!!!. Se goste tb, se ajude!!!!.
Fico muiiiito triste de saber, imagino o que vc deva sentir. Más está na hora de sorrir mais!!!.
Tira essa angústia do coração... Abração !!!