sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Makoto

Eu comecei a gostar muito de animes. Assisti poucos ainda...mas eles tem uma linguagem tão linda. Atualmente estou assistindo a um anime chamado Kanon. Duas personagens me chamaram atenção. Uma delas aparece aqui. A outra me fez chorar muito ontem. Uma história linda...sobre o amor. E pra melhorar, a personagem, chamada Makoto adota uma gatinha, que ela coloca em cima da cabeça...:)

Nos poucos animes que já assisti sempre aparece um gato...os orientais sabem mesmo o que é beleza.
Ainda não acabei de assistir todo o anime, e acredito que ainda vou me emocionar muito. E além de me distrair, eles tem em ensinado muita coisa...
exausta, e vou ter que trabalhar amanhã. Tive um dia muito difícil no trabalho.
Queria deixar um beijo carinhoso pra todo mundo que visita meu blog. ;)


8 comentários:

Angelique disse...

Querida. Um super fim de semana pra ti. Beijinhos

Claudinha disse...

Um beijo para vc Tb!

Ronrons dos Ticos! :)

Gata Lili disse...

A gatinha da Makoto é linda! Qual o nome dela?

Lauesg disse...

Que legal!!! Adoro esses animes! Ainda mais se tem um bichano no meio! rs...

Abração!
Lauesg
www.tudogato.com
www.desenhosesgalha.blogspot.com

Anônimo disse...

Fofíssima!

Nice, hoje fui no salão e qdo escolhi a cor das unhas, vi q ela se chamava Nice!

A manicure até comentou: 'nice é ótima, super discreta, mas linda!'

Eu concordo ^^ Beijo, bom fim de semana! :*

Pá =^.^=

Claudia disse...

Nice,
A igreja que frequento é de origem japonesa. Usamos a palavra makoto para designar algo feito com dedicação, com muita boa vontade.
Dizemos que tal tarefa estava imbuida de makoto.
Interessante o nome da personagem ser esse.
E realmente é uma graça a menina e o gatinho na cabeça dela.
Um grande abraço!
bjs

Art by Lu disse...

Que fofa!! = )
Sabe q é verdade, os japoneses gostam muito de gatos, acho q é por causa da lenda do Maneki-Neko:

Diversas histórias falam sobre a origem do Maneki Neko. A versão mais popular é datada do século XVII e conta que um monge do templo Goutokuji tinha uma gata chamada Tama. Enquanto ele comentava sobre as precárias condições do templo à gata, um samurai, Ii Naotaka, que voltava da batalha de Tennoji, passava em frente ao templo quando começou a cair uma tempestade.
Naotaka correu para se abrigar embaixo de uma árvore e ao esperar a chuva passar, viu Tama sentada acenando para ele. Surpreso com a habilidade do felino, enquanto corria até Goutokuji um raio fulminante caiu na árvore que há pouco o abrigara.
O samurai entendeu que o gato salvara a sua vida e imediatamente entrou no templo para rezar em agradecimento à sua vida. Assim que entrou no recinto, Naotaka percebeu a condição precária do templo e doou todo o dinheiro que ele tinha consigo naquele momento.
A partir de então, a família de Naotaka e todo o povo de Goutokuji passou a freqüentar o templo, trazendo a prosperidade ao local. Para homenagear o gesto de Tama, foi esculpido no local uma estátua da gata reproduzindo o gesto. Depois de um tempo, miniaturas da estátua passaram a ser distribuídas aos visitantes do templo.

(Viu?? Lu tbm é cultura!! =P.. Beijãooo)

Claudia disse...

Nice,

A igreja é a Perfect Liberty.
Não se trata de uma religião e sim, uma filosofia de vida. Existem em vários bairros em SP.
Se tiver curiosidade...
bjs e um ótimo feriado!!!