sábado, 4 de agosto de 2012

Reciclar não é tão difícil assim

Li dia destes uma matéria na revista, onde a repórter passou acho que 01 mês sem produzir quase nada de lixo. Nos comentários e até na própria reportagem, senti a impressão de que a maioria das pessoas acha que reciclar é a coisa mas complicada do mundo.
Aqui em casa temos o hábito de reciclar muitas coisas há muito tempo.
Fica as dicas, pra quem quiser seguir:
-As embalagens são todas lavadas e colocamos  para secar. 
-Os papeis são todos colocados em uma caixinha de papelão.
-Eu costumo lavar minhas roupas somente na mão. Aproveito a água, colocando em baldes grandões, com tampa, que ficam em cima de um suporte de rodinhas, assim dá pra movimentar ele numa boa. Essa água serve pra lavar o quintal ou então jogar no banheiro.

-Quando a gente vai ao banheiro fazer xixi (ué, você não faz xixi?..rs) costumamos jogar a água que aproveitamos no banho. Sabe aquela hora em que você vai ensaboar o corpo ou o cabelo? A água que fica caindo do chuveiro você recolhe num balde. Coloca depois no baldão, e vai jogando no banheiro.
-Sempre tento comprar produtos que tenham uma embalagem reciclável. Gosto muito de produtos em caixinhas longa vida, porque as latinhas eu acho mais chatinho pra armazenar. A caixinha depois de lavada, você abre, dá uma amassadinha e fica bacana pra juntar.
-Papel eu uso os dois lados. na época que estava na faculdade, usava o verso de papeis pra fazer anotações, e depois eles iam direto pra reciclagem.
Você achou muito difícil? Aqui em casa nos criamos um hábito, e pra nós não tem nada de complicado...é quase automático. Nos recolhemos até a água da chuva, que serve pra jogar no banheiro também.
A única coisa que ainda me incomoda um pouco é a areia dos gatinhos. Não tenho grana pra comprar uma que pode ser jogada no vaso sanitário...nem sei se assim ela fica menos poluente.
Com tudo isso, geramos pouco lixo, economizamos e temos a sensação de que somos o passarinho com a gotinha de água apagando o incêndio: estamos fazendo a nossa parte.


2 comentários:

Milene Widholzer disse...

Oi Nice, é verdade. Aqui no meu condomínio foi construída uma área para reciclagem que facilitou tudo. É só acondicionar bem limpinhas as embalagens dos produtos e levar até lá. Tem tonéis coletores para papel, vidros, latas, garrafas pet, caixas de papelão, plásticos, alumínio... Até tem recipiente pra coletar óleo de cozinha queimado e pilhas. Super prático. É só uma questão de organização e boa vontade.

Bjos e ótimo final de semana

Michelle disse...

Reciclar não é tão difícil assim, basta criar o hábito. O maior problema, para mim, é que as políticas públicas de reciclagem são muito deficientes (quando existem). Por exemplo, eu separo embalagens e material reciclável em casa. O problema é que não tem coleta seletiva onde eu moro, ou seja, tudo o que separei a prefeitura joga no caminhão de lixo comum e lá se foi o esforço. Moro em prédio e vejo que muita gente deixa o material reciclável separado para facilitar o trabalho dos catadores, que são os únicos que apreciam nossa boa vontade. Já pedimos o caminhão especial na prefeitura, mas até agora nem sinal...
Mudando de assunto, tem selinho para você lá no blog, tá?
bjo