terça-feira, 2 de novembro de 2010

O AMOR

Hoje assisti no TCM - Eu adoro filmes antigos - ao filme Um Lugar ao Sol. Já havia assistido este filme há bastante tempo...mas é sempre maravilhoso ver a beleza de Elizabeth Taylor.
Este filme, uma trágica história de amor, me fez refletir sobre esse sentimento.
Acho que a gente só ama mesmo, uma única vez. Se você tem sorte de ficar com esse amor, que bom...
Se não tem, fica dentro do seu coração essa marca, como uma tatuagem.
Outras pessoas podem passar, ou não, pela sua vida, mas aquela pessoa especial, que nem você sabe por que, continua no seu pensamento...porque pensamento é ligado ao coração.
"Vai passar"..."Ele não te merece"..."Não era a pessoa certa". Nada disso retira essa marca de você....aos poucos, você vai aceitando...que é diferente de se conformar.
Por que se você não aceita, enlouquece em decorrência do amor...
Imagine então, como no filme, perder seu amor...pra sempre.
Uma dor tão grande, que só quem já sentiu, sabe o quanto doi...e como demora a cicatrizar.
Pelo menos eu penso assim.


Um comentário:

Claudia disse...

É...acho que você tem razão...talvez o amor seja único na vida da gente, o amor verdadeiro e os outros, caso haja, só distração pra gente conseguir superar aquele amor que não foi possível ou que já se foi.

Tô adorando esse blog tão movimentado! Huhuhu!

E quer dizer que ambas estamos felizes?
Eu de te tido o seu comentário e visita no blog.
Acredito que na vida esses pequenos momentos ocasionais fazem a nossa vida mais feliz!
bjsssss