sexta-feira, 10 de abril de 2009

Feriado

Ontem fiquei observando o trânsito de sampa...todo mundo fugindo pro litoral ou interior...indo curtir um feriadão...Legal saber que muitas pessoas podem aproveitar...eu não fui viajar, por motivos óbvios. Além de ter muitos trabalhos da faculdade pra fazer, prefiro estar sozinha a maior parte do tempo.
Estava pensando no feriado de hoje...sexta-feira santa.
Eu era há bem pouco tempo, católica praticante...me desiludi com a igreja, não com Deus e com Jesus...acho até que Deus é bem bacana por ter paciência comigo...fico pensando o quanto é bom ter uma meta religiosa...mas algo se partiu dentro de mim há algum tempo.
Conversando com uma amiga ontem, levei imensos puxões de orelha por estar triste e desanimada. Tenho me esforçado, mas hoje o dia me parece tão tristonho...será que é porque Jesus continua a ser crucificado? Será por que as pessoas cada vez mais tentam se aproveitar do outro, tentando levar vantagem em tudo? Não sei...só sei que eu continuo tentando fazer o bem e ver todo mundo sorrir...apesar de tudo. Mas é tão difícil levar tanta bordoada da vida.
Hoje mais uma parte de mim se quebrou...me imagino caminhando e os pequenos pedaços caindo.
Pelo visto não consiguirei fugir do inevitável. Sei que os amigos tentaram, e agradeço ao esforço de todos, mas não tenho mais como lutar.

9 comentários:

Marianne disse...

Que nada, Nice, você ainda consegue lutar. A gente é capaz de tirar forças de coisas totalmente inesperadas para poder levantar a cabeça e seguir em frente, por mais que seja complicado. A gente tem muito mais força do que imagina, e eu digo isso porque nunca me considerei muito forte, mas quando a situação exige, às vezes brota um fiapinho sei lá de onde. Você consegue! E a gente está aqui para você poder desabafar sempre. Isso ajuda.

E pode me chamar de Mari sim, muita gente chama! rs

Bjos e obrigada pelo comentário bonitinho que você deixou sobre meu blog =]

Claudinha disse...

Nice, não fale isso! por favor!
Essas datas comemorativas são tristes pra mim tb...

Amiga, quanta bordoada eu levei tb, nesses ultimos tempos?! passou pela minha cabeça não ajudar mais ninguem, pq ninguem me ajuda!

Mas daí eu seria como eles!

E outra, vc, tal como eu, não consegue ficar parada, mesmo que alguem precise mas não peça ajuda, a gente sempre tá lá, mesmo que só marcando presença, ou com aquele abraço bem apertado que não precisa dizer nada...

Eu queria morar mais perto e ir aí falar com vc e dar aquele abraço! mas a distancia não deixa, então sinta-se muito abraçada! se quiser chorar, pode chorar tb...

Eu gosto muito de vc Nice e me corta o coração te ver triste. Se tiver alguma coisa que eu possa fazer para te animar, por favor me fala, tá?

Vc NÃO NÃO pode desistir!
Força pra vc!
Muitos beijos da turma do Beco.

Elaine disse...

Olá!
Nice, eu estive lendo seu post tão triste, tão tocante e fiquei pensando que de certa forma você tem mesmo razão em estar decepcionada com as pessoas, com a Igreja. Imagino quanta dor há por trás de cada frase sua.
Mas quero te dizer que mesmo em tempos de dor e solidão Deus não nos abandona. E que sempre o sol se levanta, mesmo após a mais terrível das noites.
Se eu pudesse te dar um conselho, se você aceitasse um conselho meu te diria: aguenta firme, aguenta firme minha querida pois há sim uma bênção esperando por você!
Posso te indicar uma música que ainda hoje me faz um bem enorme?
Clica aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=RvYC7_cfaNo
É um vídeo que eu amo!
Espero que possa te dar um pouquinho de alegria e conforto.
Eu volto, tá? Você vai estar aqui, né?
Beijos.

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

No ano passado, provavelmente eu estava trabalhando na sexta-feira santa, em pé, com direito a 20 min. de lanche.
Já passei muito feriado, qdo estava na facul, fazendo trabalhos, estudando.
E nem me lembro de ter ido para o litoral ou para algum lugar legal, sem ser casa de tia, que a gente vai meio que por obrigação, em feriado.
Nunca ganhei nada na Páscoa do meu pai, que eu me lembre. Raramente da minha mãe. Acho que nas últimas Páscoas, só minha irmã lembrava de me dar um chocolate. Na Páscoa passada eu obriguei meu namorado a me dar um ovo.
E para piorar, teoricamente nem chocolate eu posso comer, hehe.
Nem por isso e por outras eu deixo a amargura dominar.
Ânimo, moça, para buscar as coisas boas que a esperam.
Bjos!

Bigode disse...

Oi, Nice!

Feliz Páscoa!

=^^=

Nana disse...

Nice , minha querida :
Fiquei muito preucupada com vc , naõ fique assim .
Quer vir passar o domingo de páscoa comigo ? Quer sair para conversar ? Quer que eu te leve num médico amigo meu , que é muito amigo meu ?
Por favor , naõ desista !!!
Vamos fazer algo para vc melhorar , vc tem meu telefone e meu e-mail , só naõ quero ver vc assim ! Tudo na vida passa , reage menina , vc é muito maior que isso !
Vem almoçar amanhã comigo *-*

Claudinha disse...

Nice, MINHA AMIGA!

PASSEI AQUI PARA DIZER QUE VC É FORTE e CAPAZ DE SUPERAR ISSO!

Vc é forte........
ANIMO!

depois passo aqui de novo....

Silvia disse...

Oi Nice...
queria compartilhar com você um livro que me ajudou e ainda me ajuda (segue o link pra você conhecer). Ano passado me vi numa situação calamitosa, e precisei de ajuda médica pra me recompor. Depois entrei em um curso, uma espécie de "reprogramação pessoal", que usa este livro como apoio... é lindo, espero que te ajude também! nessas horas a vontade de fazer algo para dar a volta por cima tem que ser nossa; o mérito tem que ser nosso e ser motivo de orgulho.

http://www.linkk.com.br/story.php?title=Download_Gr%E1tis_-_Livro_-_Voc%EA_Pode_Curar_Sua_Vida_Louise_Hay_-_auto_ajuda_literatura_estrangeira_gr%E1tis_para_baixar

(o livro é "você pode curar sua vida", da Louise Hay).

Bjocas!!!

marisa licursi disse...

Tudo vai ficar bem, Doce...
são fases que passamos pela vida...
continue sua busca

beijo, te adoro