quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Tristezas, gatinhas e um aprendizado




Segunda-feira tive uma decepção enorme, e desde este dia estou me sentindo muito triste. Queria compartilhar com vocês, mas ainda não sinto coragem pra me abrir totalmente. Estou tentando erguer a cabeça e ir tocando em frente, mas a ferida ainda dói. Hoje eu fiquei pensando na minha tristeza enquanto olhava as fotos das gatinhas Bibi Speedy e Hila, que estão sob tratamento na Adote um Gatinho. Fiquei pensando então o quanto elas devem ter sofrido e ainda sofrem, devido às dificuldades no tratamento. Essas situações que a gente acaba conhecendo no AUG e com outras amigas protetoras fazem com que eu tente crescer mais como ser humano e tentar ser uma pessoa mais forte frente aos problemas da vida. Mas ao mesmo tempo, fazem também com que eu perceba como a maioria das pessoas são crueis. É aquela coisa: se fazem isso com animais, porque nao farão com as outras pessoas? Sei que talvez meu problema seja uma besteira frente a tantos outros, mas eu não consigo entender como as pessoas pensam, e é isso que faz com que eu me sinta cada vez mais desiludida de tudo. Já ouvi muitas críticas quando ao meu jeito sensível...fui e ainda sou criticada por ajudar o AUG - não faço nem a metade do que eu gostaria realmente de fazer, e ainda assim sou criticada...
Bem...as lágrimas não deixam eu continuar...então queria só finalizar pedindo que vocês visitem o blog Patinhas Virtuais, e tentem ajudar as gatinhas Bibi e Hila. Foi uma iniciativa linda da amigatinha Tânia.
Um beijo carinhoso em cada uma de vocês.

11 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Nice, eu acho uma coisa muito triste quando vejo gente como você, "que quer fazer todo mundo feliz" ficar tão triste assim.
Também sou muitíssimo criticada por ajudar(pouquinho!)animais e entendo você.Sinto também que sua tristeza de hoje é algo bem profundo e gostaria muito de ajudá-la.Mas a distância não deixa...
Querida, pense que não há noite escura, por mais escura que seja, que impeça o nascer do sol. Pode crer que o sol virá, cedo ou tarde, ao seu coração.Fique com Deus, Ele certamente não ignora as suas lágrimas nesse momento e as recolhe todas, uma a uma.
Aguenta firme, garota!

Felina disse...

Nice não fique tão triste não, seja o que for vai passar, nos tornamos mais fortes com o sofrimento, acho que só assim que realmente aprendemos.
Quanto ao cuidado com os animais, deixe as críticas pra lá, são pessoas pequenas, de alma e cabeça que dizem bobagens para nós que nos importamos com outras vidas, esses com certeza não ajudam nada e ninguém, seja forte e persevere em tua lida obra. beijos e fique bem.

Marianne disse...

Já que aqui na janelinha do comentário a gente é obrigada a comentar ["Passou tem que conversar..."], então aqui estou eu. Esta é a primeira vez em que entro no seu blog. Entrei porque vi que você falava sobre a Hila e a Bibi Speedy. Também ajudo o Adote o Gatinho, e também muito menos do que eu gostaria. Nessas horas eu vejo vantagem em quase não ter amigos, pois assim ninguém me critica. O máximo que aconteceu foi eu querer mudar para um emprego que ia pagar metade do meu salário, o que não ia suprir minhas despesas, e me aconselharam a parar de ajudar o AUG para sobrar mais. Resultado: continuo no mesmo emprego. Gasto mais de 4 horas por dia em viagem, mas pelo menos posso ajudar [e continuar sendo consumista com coisas de gatinhos, entre outras! rs].
Bom, só vim jogar conversa fora mesmo. Já que você não está bem, ver uma maluca desconhecida falando bobagem talvez te anime um tiquinho. Espero, de coração, que sim =]
Beijos!

Nana disse...

Nice:
Pessoas sensíveis assim sofrem demais..!! sei bem como é!!
Não sei o que acontece mas procure alguém para desabafar, tente fazer coisas que te dão prazer, tente se distrair um pouco, pois se a gente se intrega as coisas ficam cada vez piores!! Qto ao que as pessoas dizem, deixe elas pra lá!!! Cada um sabe o que é melhor prara sí.. se vc gosta de ajudar os bigodes ajude com gosto!!
Se precisar de lago estou aqui!! fico com um apreto no coração de saber q vc tá assim!!
Bjs

Luzinha disse...

ai, G-Zuz! eu também tou numa tristeza braba ultimamente, tu viste, né? mas, guria, fala sério, se tu ainda tem forças prá fazer um agradinho em quem não está lá grandes coisas, como eu,, é porque tu tem um grande coração e isso é sensacional! parece que a tristeza não vai ter fim, mas daí, uma hora, aparece alguém que fala ou faz uma coisa boa prá gente e aí tudo vai melhorando devagarzinho. é como se fosse um raio de sol, num dia cinzento de chuva, né? hoje eu consegui resolver umas coisas que estavam me chateando e de certa maneira a tristeza começa a ir embora... daqui a pouco vai acontecer uma coisa sensacional prá ti também... "tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo"... eu sei que é difícil, ô se sei, mas tudo na vida passa, miga, até a uva passa... hehe...

bjão, miga, prá ti e teus gatos lindos!

Andrea Sassaki disse...

Nice, querida....o que for, vai passar, o tempo cura tudo. Quanto às pessoas, isso já não dá para fazer muita coisa, né?? Deixem que te critiquem, que não te apoiem, use isso para se fortalecer mais ainda! E faça o que seu coração ENORME pede! Beijos!

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Oi, Nice, moça das cartas e cia., rs.
Nesta sociedade, quem não anda na hora do almoço pela rua, falando alto no celular, com pose esnobe, de colarinho e mal olha para o chão que pisa, está marginalizado (ou quase). São os estereótipos. Coisas como ser gentil, humilde, sincero, solícito, do bem, estão fora de moda há um bom tempo. Daí a gente se sente estranha quando não concorda com esse esquema. Há muitas críticas destrutivas para quem ajuda os animais, só porque eles não são seres humanos. Não que o se humano não presta, não todos, eu acreditosem alguns.
Concordo com o que falaram para vc, converse com alguém de sua confiança, desabafe e tente não deixar essas coisas amargurarem vc.
Pelo seu jeito, pelo que observo de vc no blog, acho que vc é uma pessoa bacana e do bem, e não merece ficar triste. Viu, Luzinha?! Vc tb: nada de minhoca na cabeça!
Bem, eu não sou exemplo pra ng, rs., mas do lado de fora a gente vê que não vale a pena ficar aborrecida. Bjos e se precisar de algo, conte comigo!

Japa Girl disse...

Oi, Nice!
Como já disseram por aqui, as pessoas não compreendem quando alguém é diferente e sensível. Elas tendem a chamar os diferentes de idiota, ingênuo, imbecil...O melhor a fazer é ignorar esse tipo de comentário. Além disso, não dá para fazer outros felizes quando não estamos felizes com nós mesmos.
Beijinho e força!

Gisa disse...

Nice: Não te conheço pessoalmente e, mesmo teu blog, acompanho há pouco, mas sei através dele que és uma apaixonada pelos animais, como todas as amigateiras que por aqui circulam. Isto para mim é o suficiente para saber que és alguém sensível e do bem.
Críticas, infelizmente, sempre vamos receber, em especial daqueles que nada fazem. Estes criticam os que fazem, buscando diminuir sua pequenez e sua vida vazia.
Independente do mal que te aflige, levanta a cabeça e bola pra frente; não és tu que deves ficar triste. Bjs

Art by Lu disse...

Nice, acho que todos que acompanham seu blog sabem bem o que está passando, pois são pessoas que amam os animais. Eu não te conheço pessoalmente, mas sempre digo que "quem gosta de bicho bom sujeito é" :- )
Infelizmente algumas pessoas têm o triste hábito de rotular as outras, mesmo sem conhecê-las direito, e na maioria das vezes tomam seus rótulos como verdade... A maioria pensa que somos obrigados a nos encaixar num "padrão", como se fôssemos produtos de linha de montagem, e quem não se encaixa é "esquisito, não serve, é bobo, é burro" ou sei lá mais o que...Para essas pessoas eu digo um gostoso e sonoro "phoda-se" :- )

Beijão

Claudinha disse...

Nice, querida.
eu estava viajando e não pude passar aqui antes.... eu te entendo perfeitamente! quantas vezes ouvi: -Pq tantos gatos? ou vc vai mandar dinheiro pra eles?
Li o seu texto e como sou chorona, fiquei emocionada.... tb sou sensível, fico com o coração na mão quando vejo alguém precisando de ajuda..... vc pode achar que faz pouco, mas a sua ajuda vale muito! o tempo que vc passa com os gatinhos do AUG é precioso pra eles... mesmo que vc ache pouco.
Eu, agora aprendi, que temos que fazer o que nos dá prazer .... pensar em nós mesmos .... e nunca colocar os outros acima de nós.... pq sempre vão nos criticar ou nós "ferrar", por mais que tentamos os ajudar....
Todos que frequantam o seu blog são amigos dos animais e tb fazem o que podem pra ajudá-los e tb recebem olhares indignados de outros que não dão a míninma pra qualquer ser vivo. Dá raiva? Temos vontade de chorar? de sumir do mapa? sim!!!!!!! mas se não existissem pessoas como vc, e tantos outros que se importam, o mundo seria muito pior.....
Vou te dizer o mesmo que falaram pra mim, sobre os meus problemas que eu contei lá no blog: -se desligue deles! Pense no que é melhor pra vc!
e assino embaixo do que a Lu disse:
Phoda-se! para aqueles que não tem coração!
Passeie, tire fotos, acarecie seus gatos e os gatos dos outros, alugue um filme de comedia.... espero que vc melhore logo!
um abraço bem apertado